Blog

A história de quem ama chocolate!

15 de setembro

Se você for capaz de voltar no tempo por mais de quatro décadas vai encontrar uma Gramado bem diferente da que vemos hoje.

Nesse post de abertura do nosso blog queremos falar sobre sonhos que se tornam realidade. Se você for capaz de voltar no tempo por mais de quatro décadas vai encontrar uma Gramado bem diferente da que vemos hoje. Sim, em 1975 nossa cidade não havia desabrochado totalmente para sua vocação turística, mas algumas pessoas sabiam do potencial que havia nessas terras.

Uma dessas pessoas foi Jaime Prawer, que com seu espírito empreendedor trouxe para Gramado uma ideia vista em Bariloche: a produção artesanal de chocolate. A inspiração, fruto dessa viagem, não saiu mais da sua cabeça. Para torná-la real, Prawer foi em busca de conhecimento. Levou uma pessoa para a Argentina para que pudesse aprender todas as técnicas de fabricação do chocolate. Meses depois inaugurou em Gramado aquela que seria a primeira fábrica de chocolate artesanal do Brasil.

A aposta na qualidade do produto e no delicado acabamento de cada peça fez da Prawer Chocolates uma referência nacional nesse segmento e projetou Gramado como um destino de inverno, onde o clima frio e o chocolate artesanal são desejados o ano inteiro por pessoas vindas de vários lugares.

Empreender de forma arrojada colocou a marca na vanguarda e também no compromisso de ser fiel a sua essência: produzir chocolates de extrema qualidade e fino acabamento, motivos pelos quais a Prawer ganhou clientes fiéis e apaixonados nestes 44 anos.

Através do chocolate expressamos sentimentos e nos permitimos vivenciar o que a vida tem de melhor. Fazer chocolate é um dom. Essa é a nossa história. A história de quem ama chocolate.

Voltar